personal

Have a break?

by setembro 8, 2017 10:10 am

Sempre pensamos que nunca somos bons o bastante e ainda temos que preencher vários objetivos antes dos trinta, sua carreira tem que ser exemplo com vários feitos além de diversos prêmios, dentro de um emprego perfeito com uma vida social ativa, ou seja: o exemplo de alguém extremamente bem sucedido. Mas todos a busca por todos esses atributos estão nos deixando ansiosos e a ponto de uma crise?

Por isso criei coragem de escrever sobre isso, depois de uma crise de ansiedade quem tive, vim contar o que eu penso sobre todas essas imposições que o mundo fazem com o trabalho de alguém.

Desde que comecei a trabalhar com criatividade tive as melhores oportunidade de aprender e aprimora minhas habilidades em diferentes empresas, seja como diretor de arte ou Design UX/UI.

Meu repertório criativo já sofreu varias alterações nos últimos anos e o jeito como eu trabalho teve que se moldando para cada ambiente por onde passei, aprender milhões de técnicas usando diversos softwares com diferentes estratégias para diversos resultados me fez desenvolver essa ansiedade por coisas urgentes e impecáveis em poucas tentativas. Foi quando comecei a ver outros ambientes de mercado fora do lugar onde atuo que percebi pessoas adotando outras culturas para que o trabalho seja mais humanos e menos mecânico.

Messes de planejamento diversas pessoas empenhadas e muita conversa tornam o produto mais significativo para a equipe do que algo feito contra o relógio para atender algo muito especifico.

O Fear of missing out é algo real que atinge cada vez mais a novas gerações, muitas coisas estão acontecendo ao mesmo tempo e inevitavelmente você esta ficando para trás, é impossível acompanhar tudo. Nós passamos tanto tempo diante de maquinas mecânicas e virtuais que achamos ser uma espécie superior de maquina biológica, mas deixa eu te dizer algo: “Nós passamos a ser totalmente dispensáveis para o mundo”.

E por isso que estamos sempre tentando provar que somos melhores, mas na verdade nós só estamos atrasando o inevitável, um dia deixaremos de existir na terra e nosso trabalho será esquecido, mesmo que grandes gênios tenham existido e perpetuado o seus trabalhos é inevitável que algum dia tudo isso possa ser esquecido.

Eu costumava usar uma citação que Steve Jobs disse em um de seus discursos, que era: “Stay hungry, stay foolish“, mas hoje penso que essa frase é uma afirmação para nossas deficiências, e hoje eu apenas penso que tudo isso é um ciclo que nos mantém ativos na evolução.

É NORMAL TER MEDO

E é normal ficar cansado em algum momento da sua vida, mas não é certo viver correndo contra o tempo porque esse cansaço acaba chegando cedo demais, e foi exatamente o que aconteceu comigo.

Sai do trabalho chorando achando que já tinha feito tudo que pude e não conseguiria ser melhor que aquilo, mas na verdade eu só estava cansado e não conseguia fazer mais nada porque precisava parar de pensar em trabalho, e ao invés de ir casa fui para o hospital, um lugar onde você percebe que existem milhões de outros problemas tão mais sérios que os seus.

Existem trilhões de pessoas habitando a terra junto a você e todas elas estão fazendo a mesma coisa que você, vivendo um dia após o outro. Mas como tanta informação e um mundo tão conectado nos fez achar que podemos ser mais do que um na multidão? Qual a formula das pessoas que chamam atenção do mundo por um vídeo viral e que tem sua vida traçada com realizações e reconhecimento?

Na real é que esses casos são isolados na multidão e os pontos fora da curva são nossos objetivos, mas como o nome já diz “fora da curva” e talvez seja mais coerente seguir a curva, já que sair dela é um desafio que nem todos conseguem se manter.

Você provavelmente não ganhará um Oscar ou será capa da Forbes, você também pode nunca ter um leão em Cannes ou uma vaga numa empresa gigante com uma posição elevada, e tudo isso é perfeitamente normal. Todas essas coisas acontecem por uma série de fatores, esforço, contatos, ou até mesmo um talento natural.

Não se sinta fracassado por tentar, toda conquista veio de diversas tentativas, até os pontos fora da curva vieram de pessoas que tentaram diversas vezes.