gadgets

Made by Google 2.0

by outubro 24, 2017 10:14 pm

A Google apresentou sua nova linha de aparelhos, a segunda geração do seu smartphone Google pixel, uma nova linha de speakers Google Home e o novo Chromebook. A empresa continua apostando em hardwares simples e com design escandinavos, exaltando simplicidade e elegância.

Algo que hoje vemos em outras empresas de smartphones como Apple e Samsung, são funcionalidades no aparelhos que independem de aplicativos nativos já que ambas possuem lojas de aplicativos.

Mas o Google possui uma base de serviços que já fazem parte do nosso dia a dia, e que se tornam apps nativos no sistema do Google Pixel.

Ter um smartphone que usa o machinelarnign do próprio Google atrelado a serviços como YouTube, Gmail, google calendar e tantos outros faz com que o smartphone por si só já seja uma máquina completa sem que precise de milhares de atributos de terceiros.

Todos os esperimentos de inteligência artificial da Google fazem seus produtos terem respostas mais adequadas para nossas intenções, a final o Google é um site de pesquisa e ter uma biblioteca de dados a sua disposição é algo que suas competiras não possuem.

pensar em smartphones, notebooks e home speakers que entendam nossas necessidades e encontre a solução é o maior vislumbre do futuro.

Quando empresas como Amazon e Sonos lançaram home speakers ainda não sabíamos como o mercado iria receber por esse produto que era tão limitado e parecia ser tão invasivo.

Uma caixa de som que iria ouvir nossas conversas e responderia nossas perguntas. O Amazon eco era um assistente de compras, a linha de speakers da Sonos eram caixas de som inteligente e encontravam a música que você estava procurando.

Mas no ano passado quando fomos apresentados ao Google Home descobrimos o que essas caixinhas poderiam fazer atreladas a funcionalidades que o sistema de produtos do Google tem.

imagine uma assistente virtual com acesso aos seus dados e que pode controlar seus aparelhos como o chromecast ou até mesmo ler seus novos e-mail pelo Gmail.

A Apple ainda pretende lançar seu HomePod ainda em 2017, mas o que vimos até agora foi apenas funções relacionadas ao Apple Music, o que é uma pena vendo que o Google está na frente nesse mercado.

Continuando com uma nova safra de produtos que usar de inteligência artificial, a Google apresentou também em seu evento o Google Clip, uma câmera que usa de IA para identificar o melhor momento para tirar uma foto.

A câmera promete reconhecimento facial dos donos e indentifica os momentos em família para guardar as melhores recordações.

Isso pode parecer invasivo e muito black mirror, mas a Google promete que esse aparelho usa apenas dados encriptados entre a câmera e sua conta no Google photos.

Empresas como Apple, Samsung e outras do ramo de tecnologia podem ter ganhado o mercado nos últimos anos, mas talvez a empresa que mais cresceu em popularidade e serviços presentes no nosso dia foi o Google.

Produtos feitos por essa empresa pensados com a tecnologia de seu banco de dados em machine learning é algo a se acompanhar já que temos apenas um super computador assim.